segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Mais uma intervenção sobre a Gripe "Influenza" A

Por: Káthia Ribas CRM 9448
Gerência do Instituto Curitiba de Saúde


Tenho recebido perguntas e informações, as mais diversas das mais diversas fontes, muitas delas alarmistas... e temos que ser realistas.

Apesar de estar em férias, dediquei esta última semana para uma intensa participação e pesquisa junto à todas as entidades oficiais competentes sobre o assunto, e não tenho motivos para achar que elas estejam ocultando ou minorando a real dimensão do problema.

Estive com o Secretário Estadual de Saúde, participei da reunião do Ministério da Saúde, conversei com as autoridades da Vigilânica Sanitária, SAMU e Secretaia Municipal de Saúde, além de epidemiologistas e infectologistas.

Não satisfeita, liguei para o CDC (Centro de Controle de Doenças em Atlanta), onde trabalha uma colega minha de turma.

A situação atual é a seguinte:

O virus H1N1 já ultrapassou a barreira inicial, circula livremente entre nós, veio para ficar. Nesta 1º onda do virus no Brasil, calcula-se que 70.000.000 de brasileiros terão contato com ele até final de setembro.

Das atuais viroses respiratórias presentes no sul do país, 60% já são do novo virus, isto é, das pessoas com gripe que falamos ou que circulam na rua, ônibus, bares, igrejas, clubes, empresas, etc, mais da metade já tem o novo virus... isto é uma projeção estatística , ou seja , não há mais capacidade para se fazer exame de todos os suspeitos.

A condução dos casos será como da gripe comum, e somente os casos graves ou em grupos de risco haverá dispensação da medicação anti viral.

O virus H1 N1 tem maior transmissibilidade que o virus influenza , mas tem MENOR PATOGENICIDADE, OU SEJA MATA MENOS QUE A GRIPE COMUM... acontece que ele tem tropismo por organismo com alguma brecha imunológica que comprometa as defesas habituais, então ele pode ser potencialmente mais agressivo em pacientes com: nutrição inadequada, más condições de higiene, cardiopatas e pneumopatas cronicos, asmáticos graves, renais crônicos, diabeticos, obesos mórbidos, pessoas em tto com imunossupressores (corticoides, tto para câncer) e doenças degenerativas.

Em pessoas hígidas, dificilmente haverá complicação, e , volto e frisar, a MORTALIDADE É MENOR QUE O VIRUS INFLUENZA.

Em 2008, só no mes de julho, 4500 pessoas morreram de gripe comum no Brasil. Estamos com 47 mortes pelo novo virus em 18 dias de circulação...

Temos que estar ALERTAS, isto sim, pois é um virus novo, pode sofrer mutações, e ainda estamos aprendendo a conviver com ele.

Por enquanto o importante é: boa alimentação, SUCOS DE FRUTAS, ÁGUA, ÁGUA DE COCO, VERDURAS, AMBIENTES AREJADOS, HIGIENE ADEQUADA DE MÃOS E VIAS AÉREAS, LAVAGEM DE MÃOS VÁRIAS VEZES AO DIA. ALCOOL PODE SER USADO EM SUPERFICIES POTENCIALMENTE CONTAMINADAS (MESAS DE CONSULTÓRIO, LOCAIS ONDE PESSOAS TENHAM ESPIRRADO, (mas sem maiores neuras, por favor, teremos que conviver alguns meses com este virus, como os tantos outros de gripe...)

As Máscaras continuam recomendadas para quem está com quadro gripal, em respeito aos outros, e em alguns serviços de Pronto Atendimento , para as equipes de Saúde... nada de sair pela rua e shoppings com máscara e vidro de lacool gel na mão, precisamos de bom senso, tranquilidade é pés no chão.

Evitar locais fechados, aglomerações shoppings, cinemas, bares, chimarrão, pelo menos nos próximos 15 dias, enquanto o virus está em "curva ascendente"...

Depois, é vida normal. O anti viral - Tamiflu- só será disponibilizado pela SMS para os casos comprovadamente graves, não tomem para qq gripe, pois aumenta a resistencia do bicho...

Em 99,85% dos quadros de H1 N1 a evolução será ABSOLUTAMENTE BENIGNA, ou seja, portador assintomático, sintomas leves ou moderados,perfeitamente tratados com: cama e sintomáticos (repouso por 5 dias está mais que suficiente).

O afastamento das aulas é muito mais uma medida tranquilizadora para os pais, enquanto as equipes das escolas são adequadamente preparadas para receberem os estudantes e conviverem com a nova doença.

As 2 gripes estão ai, os sintomas são idênticos, não há porque saber se é gripe A ou influenza, a conduta será igual, e evoluirá geralmente bem.

Tivemos mortes, sim (porém 3 das mortes da semana passada acabaram se confirmando como da influenza, e não da gripe A).
Alguns jovens saudáveis faleceram sim, mas na grande maioria , mesmo nos jovens, havia algum fator basal predisponente: acompanhei 3 casos: 1 criança do interior(desnutrida); 1 adulto com 33 anos (cirrose ) e 1 senhora de 54 anos (asmática grave).

Portanto, amigos, muita cautela na tranmissão de informações: A CALMA É FUNDAMENTAL, OS CUIDADOS GERAIS TAMBÉM. DEVEMOS ESTAR ALERTAS, MAS TEMOS QUE SEGUIR A VIDA COM NORMALIDADE, PORQUE A GRIPE SAZONAL MATA MUITO MAIS QUE ESTA E NUNCA TEVE ESTA DIMENSÃO DE ALARME.

Evitem lotar os hospitais com casos leves, só em casos de febre = ou > de 38ºC (este é o fator patognomônico!!), dor de garganta ou dificuldade respiratória as pessoas deverão procurar os postos de Saúde.

Estamos conectados diariamente com a SMS, SESA e Central de Leitos, qualquer alteração na condução dos casos ou orientações gerais, haverá ampla divulgação.

domingo, 2 de agosto de 2009

Gripe suína ou PANDEMIA DE LUCRO - toda a verdade

Recebi estes textos via email de um amigo (segue na íntegra):

TEXTO I

Que interesses econômicos se movem por detrás da gripe suína?

No mundo, a cada ano, morrem milhões de pessoas vítimas da Malária que se podia prevenir com um simples mosquiteiro.

Os noticiários, disto nada falam!

No mundo, por ano, morrem 2 milhões de crianças com diarreia que se poderia evitar com um simples soro que custa 25 centavos.

Os noticiários disto nada falam!

Sarampo, pneumonia e enfermidades curáveis com vacinas baratas, provocam a morte de 10 milhões de pessoas a cada ano.

Os noticiários disto nada falam!

Mas há cerca de 10 anos, quando apareceu a famosa gripe das aves... os noticiários mundiais inundaram-se de notícias...

Uma epidemia, a mais perigosa de todas...Uma Pandemia! Só se falava da terrível enfermidade das aves.

Não obstante, a gripe das aves apenas causou a morte de 250 pessoas, em 10 anos... 25 mortos por ano.

A gripe comum, mata por ano meio milhão de pessoas no mundo (70 mil só no Brasil). Meio milhão contra 25.

Um momento, um momento. Então, porque se armou tanto escândalo com a gripe das aves?

Porque por trás desses frangos havia um "galo", um galo de crista grande. A farmacêutica transnacional Roche com o seu famoso Tamiflú vendeu milhões de doses aos países asiáticos.

Ainda que o Tamiflú seja de duvidosa eficácia, o governo britânico comprou 14 milhões de doses para prevenir a sua população.

Com a gripe das aves, a Roche e a Relenza, as duas maiores empresas farmacêuticas que vendem os antivirais, obtiveram milhões de dólares de lucro.

Antes com os frangos e agora com os porcos.

Sim, agora começou a psicose da gripe suína. E todos os noticiários do mundo só falam disso...
Já não se fala da crise econômica nem dos torturados em Guantánamo...

Só da gripe suína, a gripe dos porcos... E eu pergunto: se por trás dos frangos havia um "galo"... por trás dos porcos... não haverá um "grande porco"?

A empresa norte-americana Gilead Sciences tem a patente do Tamiflú. O principal acionista desta empresa é, nada menos que um personagem sinistro, Donald Rumsfeld, Secretário da
Defesa de George Bush, artífice da guerra contra o Iraque...

Os acionistas das farmacêuticas Roche e Relenza estão esfregando as mãos, estão felizes pelas suas vendas novamente milionárias com o duvidoso Tamiflú.

A verdadeira pandemia é de lucro, os enormes lucros destes mercenários da saúde. Não nego as necessárias medidas de precaução que estão a ser tomadas pelos países.

Mas, se a gripe suína é uma pandemia tão terrível como anunciam os meios de comunicação, se a Organização Mundial de Saúde se preocupa tanto com esta enfermidade, porque não a declara como um problema de saúde pública mundial e autoriza o fabrico de medicamentos genéricos para combatê-la?

Prescindir das patentes da Roche e Relenza e distribuir medicamentos genéricos gratuitos a todos os países, especialmente aos pobres.

Essa seria a melhor solução.

http://aprendemos-mikasmi.blogspot.com/2009/07/pandemia-de-lucro-toda-verdade.html


TEXTO II

A verdade sobre a gripe suína

O que vocês devem ter ouvido é que a gripe suína está se alastrando pelo mundo por causa da demora do governo mexicano em alertar a Organização Mundial da Saúde (OMS). Também devem ter ouvido do risco de pandemia, das passagens aéreas canceladas, do medo nos aeroportos, das mortes por causa da gripe, do vírus mutante. Enfim. Toda essa balela.

Balela, Elisa? SIM! TUDO MENTIRA! A verdade é que há interesses muito maiores por trás dessa armação.

O plano é genial. Veja bem. Quantas vezes você já teve sintomas de febre, dor no corpo, tosse e dor de cabeça? Várias vezes, né? Acredito que até as pessoas mais fortes ficam gripadas ao menos uma vez por ano. Sendo assim, as chances de encontrar pessoas que viajaram para o méxico com esses sintomas são grandes. No Brasil, por exemplo, já colocaram 20 pessoas de quarentena por causa disso.

Espalhar o boato foi tarefa fácil. Mas para o negócio funcionar mesmo, precisam dos casos confirmados e mortes. E é aí que entram os principais suspeitos.

1) Governo Mexicano

O México é muito mais parecido com o Brasil do que com os seus coleguinhas do norte. Nós temos o SBT, eles têm a Televisa. Eles têm a Thalia interpretando a Maria (Maria del Bairro, Marimar, Maria Mercedes), nós temos a Regina Duarte com a Helena. É compreensível que eles também tenham problemas de saúde pública como os nossos.

Só que os mexicanos foram mais espertos. Com a invenção da gripe suína, o Banco Mundial aprovou um empréstimo emergencial de US$ 205 milhões para o país. Viva!!! Dinheiro!!!

Em troca, José Córdoba, ministro da saúde no México, continua a alimentar a imprensa com números dignos de dramas de novelas mexicanas: 2.498 casos de hospitalização por pneumonia grave, sendo que 159 morreram. O que eles não divulgaram é que esses números não variam por lá há meses. Pneumonia no México é quase sentença de morte.

2) General Motors e o Governo dos EUA

A segunda maior montadora do mundo está passando por uma crise feia. Em 2008, recebeu 13,4 bilhões de dólares de auxílio do governo e sexta passada recebeu mais dois bilhões. Ainda assim, a venda de carros (e as ações da empresa) não param de cair. Essa semana, eles até apresentaram um novo plano de reestruturação para que o Governo Americano passe a ser o seu acionista majoritário.

Mas e daí? O que isso tem a ver com a gripe suína? Meu caro inocente. Tem TUDO a ver!

Pensa bem. Se as passagens aéreas estão baratas e você está com tempo livre, vai querer viajar de carro? Horas e horas com a bunda quente no assento? Claro que não. Portanto, se você cuida bem do seu carro e não usa ele para viagens longas, o carro tende a durar bastante. Se o seu carro dura bastante e o dinheiro está curto por causa da crise, pra que é que você vai trocar de carro? Não vai. Consequência? Crise na GM.

Com propagação da mentira, aeroportos passam a ser locais indesejáveis. Não apenas para quem vai para o México, mas para qualquer lugar. Vai saber se no saguão tem um infectado? Só que isso não reduz o desejo de viajar. Em tempos de risco de pandemia, as pessoas querem estar perto de quem amam. Basta uma tosse para que filhos em Nova Iorque corram preocupados para visitar os seus pais na Flórida. E gastem seus carros. E comprem novos carros. E gira a Roda da Fortuna.

3) Laboratório Roche na Suiça e Empresa de Máscaras na Inglaterra

Outros que quiseram continuar espalhando o boato foram a Roche e a Surgical Face Masks (empresa britânica especializada em máscaras cirúrgicas). Pode conferir que já detectaram casos ou suspeitos da doença nos dois países. A Roche está aproveitando a ocasião para fazer uma mega propaganda com a doação de 3 milhões de doses de medicamentos contra a gripe suína para a OMS. Além disso, o governo Suíço faz questão de manter a frieza de sempre e dizer, em tom misterioso, que o país está preparado como nunca para uma pandemia. Depois dessa, quem vai duvidar da superioridades dos seus laboratórios?

Ao contrário da Roche, a Surgical Face Masks é uma empresa a beira da completa falência. Até o site deles grita pobreza e falta de noção estética. Mas aí um estagiário muito esperto (e em busca de uma promoção), aproveitou que um primo tinha acabado de voltar do México e pediu pra ele forjar uns sintominhas. BOOM! Máscaras cirúrgicas vendendo como nunca.

4) Criadores de peixes

Os pescadores, especialistas em mentiras, tiveram uma brilhante idéia para lucrar com a gripe. Aumentaram um pouco o caso da gripe e falaram que a doença pode ser transmitida pela carne de porco. Resultado? Olha o que acabou de sair no Planeta Pesca:

"A titulo de exemplo o Marine Harvest Group (MHG.OL), que é o maior produtor mundial de peixe em cativeiro, subiram mais de 10 porcento, fruto da especulação e em paralelo com o que aconteceu igualmente durante os problemas com a febre das aves. Em espanha as acções da Pescanova (PVA.MC) estão a subir 4.5 porcento."

5) Mídia Brasileira

No Brasil, quem lucra com pânico e escândalos é a mídia. Apesar de toda prosa de jornalismo sério e objetivo, o que vende mesmo é o sensacionalismo. As suspeitas que não param de surgir por aqui são só reflexo das milhões de manchetes bombardeadas sobre o assunto. Oba! Adoramos um caos mundial.

Por isso, mantenha a calma. Não vai ser um criador de porcos mexicano que vai te matar. A menos, é claro, que more do lado de um que tenha sérias tendências sociopatas. Nesse caso, boa sorte.

http://elisafranca.wordpress.com/2009/04/29/a-verdade-sobre-a-gripe-suina/